Uma jovem de 27 anos relatou ter sido vítima de estupro ao oferecer serviços de limpeza no site OLX e aceitar trabalhar na casa de um homem desconhecido, em Cuiabá. O crime teria ocorrido em janeiro, mas só foi registrado na última sexta-feira (07/02/2020).

A vitima não soube informar o bairro onde tudo aconteceu, mas descreveu o crime em um boletim de ocorrência registrado na Delegacia Especializada na Defesa da Mulher de Cuiabá.

Conforme o boletim de ocorrência, ela divulgou seus serviços de diarista na OLX para poder se manter, após uma separação recente. O estupro teria acontecido dentro do carro do homem, e após o ato o suspeito teria pedido desculpas e permitiu que a jovem saísse do veículo.

Leia a reportagem completa no O Livre, parceiro do Metrópoles.

Fonte: Metropoles

Leia também

Hortolândia confirma mais duas mortes por covid-19 e chega a 50 mortes