Um homem de 33 anos foi socorrido depois de ser picado por um escorpião. Ele foi picado enquanto dormia na noite de quinta-feira (29) no bairro Jardim São Bento 2.

Ele foi encaminhado ao Pronto Socorro da Unicamp, onde foi atendido, medicado e liberado na sequência.
Segundo o hospital, ele tomou o soro antiescorpiônico.

Recomendações e sintomas
Escorpiões costumam se instalar em acúmulos de lixo, madeira, entulho, material de construção. Nas casas, podem entrar pelos ralos ou portas. Por isso, é importante ter a telinha nos ralos e rodapés nas portas.

Se você for picado, não pise no bicho. Você vai precisar leva-lo ao hospital e o médico precisa reconhecer a espécie para dar o antídoto correto. Colocar gelo no local, tomar um analgésico na hora e ir ao hospital são as recomendações. Também é importante lembrar que você não pode cortar o local da picada, nunca chupar o veneno, não passar álcool e não tomar leite.

A gravidade das manifestações clínicas depende muito. Os acidentes são classificados como leves (os mais frequentes, com dor e vômito), moderados (além da dor, náuseas, suor excessivo, taquicardia, respiração ofegante) e graves (náuseas e vômitos frequentes, suor excessivo, hipotermia, tremores, agitação alternada com sonolência, respiração ofegante, taquicardia ou bradicardia).

Carregar mais em Voz do Povo

Leia também

TÉCNICO ELETRÔNICO DE MANUTENÇÃO (Injetoras de Plástico) – v1811856

Detectar defeitos elétricos / eletrônicos em máquinas e equipamentos utilizados pela empre…