Lucilene Chagas foi morta a facada; homem também colocou fogo na vítima; o suspeito do crime, já foi identificado e preso.

O corpo de Lucilene Chagas, foi encontrado parcialmente carbonizado em um bairro da área rural de Limeira (SP) no fim da tarde desta segunda-feira (29), moradora de Hortolândia, o corpo foi reconhecido por familiares somente hoje (30).

A Polícia Militar (PM) foi acionada por volta de 18h por um morador que afirmou ter visto o corpo próximo a uma estrada no bairro Pinhal. Uma equipe da polícia fez uma ronda e encontrou o corpo. A área foi isolada e a perícia da Polícia Científica, acionada.

Segundo a Polícia Civil, não foi possível definir a causa da morte por conta do estado do corpo, que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O órgão vai emitir laudo que deve apontar a causa.

O corpo foi encontrado, parcialmente carbonizado, em uma área verde na estrada rural LIM-326, no bairro do Pinhal. Populares foram verificar o fogo na área e encontraram o corpo, que já era atacado por animais. Ela apresentava dois ferimentos grandes na região torácica, um deles causado por um material perfurante, provavelmente, uma faca.

Ao lado do corpo foram encontradas duas caixas de fósforos e marcas de pneus de carro, usado na fuga do assassino. Testemunhas disseram à polícia que viram um carro preto, de quatro portas, deixando o local em alta velocidade e que no domingo não havia sinal de fogo no mato. 

Carregar mais em Polícia

Leia também

Motociclista morre atropelado por ônibus após acidente de moto em Hortolândia

Esse é o segundo acidente com vítima fatal em menos de 24 horas na cidade. Um motociclista…