Cerca de seis mil alunos devem retornar às aulas apenas no próximo ano

Um menino de 7 anos morreu com suspeita de meningite em Olímpia (SP) nesta semana. Este é o segundo caso suspeito em pouco tempo na cidade.

A Prefeitura de Olímpia suspendeu as aulas das escolas e creches municipais a partir desta sexta-feira, 7, como prevenção contra meningite. Segundo comunicado oficial, as creches continuam abertas em casos de necessidade. Os cerca de seis mil alunos só devem retornar às aulas no próximo ano, quando os sete dias de aulas perdidos devem ser repostos.

Nesta quinta-feira, 6, Prefeitura também cancelou apresentação do coral, que contaria com 300 crianças na abertura oficial do Natal Encantado. A medida também é uma forma de evitar aglomerações e possíveis contaminação com a doença.

“É importante ressaltar, primeiramente, que não há surto no município, uma vez que os casos não apresentam vínculo epidemiológico”, afirma o comunicado. Segundo a Prefeitura, os médicos da rede pública de Saúde e plantonistas das UPAs foram orientados sobre o alerta para a doença, diagnóstico e prevenção.

“Todas as Unidades de Saúde possuem em estoque as vacinas de prevenção à meningite, que são disponibilizadas pelo Ministério da Saúde, bem como as unidades estão em alerta para o diagnóstico inicial e encaminhamento de pacientes suspeitos”, afirmou a nota.

Duas mortes em decorrência da doença foram registrados nos últimos dias em Olímpia. O último caso foi de Miguel Henrique Costa Simões de Souza, de 7 anos, que morreu, na Santa Casa de Barretos, com suspeita de meningite viral no último dia 3. No total, 16 casos suspeitos foram registrados – destes dez foram descartados e seis deram positivo para a doença.

Carregar mais em Região

Leia também

Helicóptero Águia resgata homem que ficou gravemente ferido após briga de casal; Veja vídeo

Foto: Driko Zbm/Divulgação Um homem de 30 anos ficou gravemente ferido após ser atingido p…