O velório da vítima deve ter início às 14h30, desta quarta-feira (31) no Cemitério Parque de Hortolândia, sendo que o sepultamento está marcado para as 16h do mesmo dia. A motivação do crime ainda são desconhecidas.

O suspeito de matar e queimar Lucilene Chagas, em Hortolândia, na última segunda-feira (29), já está na cadeia.

Marcos dos Santos Conceição, de 38 anos, foi preso pela Polícia Civil, em Hortolândia, após admitir ter enforcado e ateado fogo na vítima. Ele confessou aos policiais que levou a vítima para uma área descampada na estrada municipal LIM-326, deu um ‘mata-leão’ da mulher e, com ela desacordada, ateou fogo com gasolina. Ele está com ferimentos causados pelas chamas no adbômen e pernas.

Tudo indica que o suspeito será indiciado por feminicídio, quando o assassinato da mulher ocorre simplesmente pela condição do gênero, motivado na maioria das vezes por ódio ou sentimento de perda do controle e da propriedade sobre as mulheres.

Lucilene deixa marido e duas filhas, de 12 e 18 anos.

Leia Mais 

Corpo de mulher desaparecida é encontrado carbonizado em Limeira

Carregar mais em Notícias

Leia também

Motociclista morre atropelado por ônibus após acidente de moto em Hortolândia

Esse é o segundo acidente com vítima fatal em menos de 24 horas na cidade. Um motociclista…