Agentes farão, neste sábado, Operação Cata Bagulho e orientação casa a casa em seis bairros; ação faz parte da programação da Semana Municipal de Combate a Arboviroses

 

Começa, neste sábado (20/10), a programação da Semana Municipal de Combate a Arboviroses (doenças causadas pela picada de mosquitos), promovida pela Secretaria de Saúde da Prefeitura de Hortolândia. A primeira atividade de mobilização será a Operação Cata Bagulho nos bairros da região do Jd. Sumarezinho: Jd. do Lago, Jd. Santa Emília, Chácaras Reymar, Jd. Novo Ângulo e Vila Inema. A população receberá agentes da UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses) em casa, para orientações sobre como eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como Dengue, Chikungunya, Zika Vírus e Febre Amarela. Quem tiver materiais inservíveis pode aproveitar para fazer o descarte correto, evitando a proliferação das doenças. A Semana Municipal de Combate a Arboviroses vai até a próxima sexta-feira (26/10), com ações em todas as regiões da cidade.

No domingo (21/10), um estande no Hortolendo, que acontece no Creape (Centro de Referência Ambiental Parque Escola), tratará da prevenção ao Aedes de forma lúdica, com brincadeiras que envolvam as crianças no combate ao mosquito. Ao longo da semana, unidades de saúde e escolas municipais receberão material informativo, com objetivo de levar orientações ao maior número de pessoas.

Em setembro, a Secretaria de Saúde formalizou o Plano Municipal de Combate a Arboviroses. Com este plano, a Prefeitura traça as ações básicas para combate às doenças, como eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti; prevenção, com orientação à população; e tratamento de pacientes, incluindo a conduta dos profissionais da rede de saúde quanto a necessidade de notificação dos casos suspeitos, até o atendimento hospitalar de casos mais graves. “Este plano traz as diretrizes de ação para evitarmos a ocorrência de uma epidemia”, destaca a secretária de Saúde, Odete Carmem Gialdi.

Para conscientizar a população sobre a importância de manter casas, quintais e terrenos livres de criadouros do Aedes aegypti, a Prefeitura lançou, em 2017, a Agenda Verde, ação que envolve diversas atividades, como a Operação Cata Bagulho e o plantio de árvores em terrenos antes ocupados por lixo, tudo com o objetivo de deixar a cidade mais limpa. Além de colaborar com a manutenção urbana, a Agenda Verde busca despertar na população o sentimento de parceria, uma vez que todos são responsáveis pela limpeza da cidade. A Prefeitura acredita que, mobilizando a população, será mais fácil resolver, em conjunto, questões ambientais que se tornam problemas de saúde pública, como estas doenças.

Neste ano, Hortolândia registra 36 casos positivos de Dengue e um de Chikungunya. Não há confirmação de casos de Zika ou Febre Amarela na cidade.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Carregar mais em Cidade

Leia também

Bombeiros ajudam Caminhão que ficou enroscado em árvore na …

Um caminhão ficou enroscado em uma árvore da rua Prof. João Duarte Paes na tarde desta sex…