Equipamentos começam a funcionar em outubro, com objetivo de melhorar segurança no trânsito e proteger a vida de motoristas e pedestres

Seis avenidas da cidade recebem, ao longo desta semana, equipamentos de fiscalização eletrônica: avenida Santana; avenida da Emancipação; avenida Olívio Franceschini; avenida Roberto Carlos Prataviera (Cemitério Park Hortolândia); avenida Sabina Baptista de Camargo; e avenida Tereza Ana Cecon Breda. A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, limita a velocidade nestes locais para 50 km/h, sendo que algumas avenidas terão mais de um ponto de radar fixo. Os radares ainda serão aferidos pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) e a previsão é que comecem a fiscalizar a partir de outubro. Estas vias foram escolhidas por concentrarem os maiores índices de acidentes de trânsito. O objetivo da Prefeitura é melhorar a segurança viária e proteger a vida de motoristas e pedestres.

Nas últimas semanas, a Prefeitura realizou testes com equipamentos fixo e móvel de fiscalização eletrônica. De acordo com o gerente de Planejamento e Projetos da Secretaria de Mobilidade Urbana, Ricardo Barbosa, os veículos flagrados em infração no período de testes, ou antes da aferição dos equipamentos, não serão multados. “Alguns equipamentos já estão funcionando, mas as multas não serão validadas. Apenas depois de os equipamentos serem certificados, com a conferência da velocidade medida, é que a Prefeitura anunciará o início da fiscalização eletrônica”, explica.

A fiscalização eletrônica é uma das ações anunciadas pelo prefeito Angelo Perugini, no início deste ano, como parte de um pacote de medidas para reduzir a ocorrência de acidentes de trânsito na cidade. A iniciativa surgiu depois de um estudo inédito que registrou, de janeiro a dezembro do ano passado, 1.265 ocorrências de trânsito. Destes, 223 tiveram vítimas feridas, 26 fatais. “Estamos otimistas de que a reativação dos radares e as outras ações previstas vão reduzir em 20% os número de acidentes de trânsito. O estudo tem ajudado na definição dos lugares prioritários para as nossas ações. Com isso, conseguimos agir no ponto certo, salvando vidas”, afirma o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira. O estudo foi realizado pelo Grupo de Segurança Viária, comitê formado por representantes da Prefeitura e de órgãos públicos ligados à segurança no trânsito, que se reúnem periodicamente para discutir como reduzir os índices de acidentes e proteger a vida de motoristas e pedestres.

Outras ações do pacote de medidas para evitar acidentes incluem reforço na sinalização de trânsito, novos semáforos, criação de área de estacionamento rotativo (Zona Azul), serviço de pátio para tirar carros abandonados das ruas, além de trabalhos educativos com apoio e participação da sociedade civil e ações de engenharia de tráfego.

Convênio Detran

A Prefeitura de Hortolândia iniciou, em julho, a execução de serviços de sinalização por meio de um convênio firmado com o Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, voltado especificamente a ações de segurança viária. Por meio desta parceria, o município receberá R$ 975.376,85 para realizar pintura de solo e instalar placas no entorno de mais de 40 escolas do município. A primeira etapa de trabalhos inclui projetos em diversos bairros, tais como Jd. Amanda, São Sebastião, Jd. Novo Ângulo, Jd. Boa Esperança, Jd. Santa Esmeralda, Jd. Santa Rita de Cássia, Residencial João Luiz, Jd. Santana, Jd. Minda, Jd. Novo Horizonte, Jd. Santa Esmeralda, Jd. Primavera, Jd. Nova Europa, Jd. Boa Vista, Jd. Rosolen e Chácaras Fazenda Coelho.

O convênio também possibilitará a instalação de semáforos em três cruzamentos ao longo da Avenida da Emancipação, no Jd. Santa Rita de Cássia: um em frente à empresa Magneti Marelli; um na esquina com a Rua Terezinha de Jesus; e outro no cruzamento com a Avenida Olívio Franceschini. Entre os critérios para a escolha das cidades beneficiadas pelo convênio estão o número de habitantes e a proporção de óbitos causados por acidentes de trânsito.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

BOSCH abre vaga(s) para Engenheiro Elétrico PL (Segurança do Trabalho) para Campinas e região

ATIVIDADES • Suporte Técnico na gestão de eficiência energética, auditorias corporativas d…